Dia do Macarrão
Cultura alimentar

Quebre os mitos

Apesar de presente na cultura alimentar de diferentes povos há milhares de anos, ainda existem mitos que rodeiam o consumo de macarrão que precisam ser esclarecidos.

Comer macarrão a noite engorda

Isso é um mito. Nenhum alimento isoladamente é capaz de provocar o ganho de peso. Alimentos fontes de carboidrato, como macarrão, podem compor uma refeição equilibrada no período da noite e contribuírem com perda e manutenção de peso em longo prazo, além de aumentarem a saciedade.

Macarrão tem índice glicêmico alto

Outro mito. O índice glicêmico (IG) é uma escala que classifica os alimentos de acordo com a resposta glicêmica produzida pelo carboidrato do alimento estudado em relação a um alimento controle.
Os valores de referência são baixo índice glicêmico <55, médio IG >56 até 69 e alto IG >70. O IG do macarrão é baixo, menor do que o da batata cozida 82 e do arroz 89. O consumo de alimentos com baixo IG tem sido associado ao melhor controle da glicemia e pode fazer parte da estratégia para controle e prevenção do diabetes e doenças cardiovasculares.

Para ser mais saudável, corto o glúten, corto o macarrão

Esse é o pior de todos o erros. O glúten é a principal proteína estrutural de alguns cereais, como o trigo. Apenas uma pequena parcela da população (1 em cada 100 indivíduos) apresenta intolerância permanente ao glúten, a doença celíaca, e precisa excluir alimentos derivados do trigo e outros cereais da alimentação.

Para os demais, o trigo e os alimentos feitos a partir dele são uma importante fonte de proteína, vitaminas no complexo B, minerais e antioxidantes; e não foram encontrados benefícios para a saúde ao excluí-los da alimentação.

(obs. A Dra. Vanderli Marchiori passa nos vídeos abaixo dicas e informações muito bacanas sobre o consumo dessa delícia chamada macarrão.)

Macarrão



Carboidratos



Carboidrato & Atividade Física


« Voltar para a Home

Contato

Faixa etária: